Comício na Central do Brasil reuniu milhares de vândalos

A avó de Sininho inaugurou o movimento Black-and-White Bloc

A avó de Sininho inaugurou o movimento Black-and-White Bloc

TERRA DE VERA CRUZ – Há exatamente 50 anos, milhares de vândalos invadiram a Central do Brasil, no Rio de Janeiro, para radicalizar seu apoio ao guerrilheiro João Goulart, à época envolvido com a tentativa de implementar uma ditadura bolivariana no país.

A verdade, no entanto, veio rapidamente à tona em uma série de editoriais publicados pelo jornal O Globo. Agentes infiltrados pela Polícia Militar da época conseguiram flagrar a avó de Sininho arrecadando cotas de Cr$ 150 para financiar a encenação da peça Revolução Cubana, el justicero cha cha cha, por Zé Celso Martinez Corrêa. O Centro de Operações da Prefeitura do Rio (DOI-Codi) encontrou ligações de João Goulart com um amigo do pai de Marcelo Freixo.

Em paralelo, um blogueiro prodígio – que já usava chapéu panamá aos 3 anos de idade – convocou Marcha da Família Liberal com Evangélicos pela Liberdade. “Vocês ainda não sabem, mas estão plantando a semente do petismo”, escreveu o colunista-mirim.

O projeto de João Goulart, no entanto, só não foi adiante porque o PMDB, na figura do experiente José Sarney, endureceu a negociação. “Exigimos 30% das terras produtivas, caso houvesse Reforma Agrária, queríamos 200 vagas nos musicais da TV Record e a criação do Ministério do Comunismo, com 1.200 postos de trabalho para campesinos e operários do partido. Infelizmente, João Goulart declinou. Era um homem que não pensava no Brasil”, ponderou Sarney.

Publicado em Sátira Marcado com: , , , ,

Siga-nos

Youtube Facebook Twitter Google Plus Pinterest

Arquivos

Conteúdo





Youtube

Charges por E-mail

Receba os Posts do Humor Político em tempo real, assim que forem publicados!