Historiador revela que Don Juan roubava frases de Marx para pegar mulher

Desodorante Axe lança a fragrância "luta de classes"

Desodorante Axe lança a fragrância “luta de classes”

VENEZA – Um manuscrito encontrado pelo jovem historiador liberal Laurentino Waak jogou nova luz sobre as estratégias sedutoras de Don Juan. “Ao contrário do que dizem os professores comunistas de História, que expulsaram a libido liberal das universidades e castraram a inteligência da juventude tucana, Don Juan viveu na Cracóvia, no início do século XX. Diariamente, o conquistador citava trechos de O Capital e do Manifesto Comunista para pegar mulher”, revelou Waak.

Segundo Laurentino, o comunismo, na verdade, foi inventado por Calígula. “Nas décadas seguintes, jovens liberais eunucos sofriam constrangimentos nos haréns montados por sultões fundadores do PT. Os jovens liberais, descendentes do povo de Onã, são os que mais sofreram privações ao longo da História”, prosseguiu.

A estratégia de citar trechos do Manifesto Comunista para pegar geral, segundo Waak, também explica o sucesso de Wando, Hugh Hefner e Brad Pitt. “Tenho provas concretas de que Mr. Catra cantou cinco periguetes com o trecho ‘A sociedade moderna burguesa, surgida das ruínas da sociedade feudal, não aboliu os antagonismos de classe. Apenas estabeleceu novas classes, novas condições de opressão, novas formas de luta em lugar das velhas'”, em forma de funk-denúncia.

Animadinho com o assunto, o filósofo Louis Phillipe de Itararé elencou, em sua coluna, as cantadas mais usadas por pedreiros gregos: “Deixa eu conhecer o fetiche da sua mercadoria”, “Ah, essa mais-valia lá em casa” e “Princesa, dou muito valor de uso a essa mercadoria” foram as mais recorrentes.

Até o fechamento desta edição, Itararé não havia pegado ninguém.

 

Publicado em Sátira Marcado com: , , , , , ,

Siga-nos

Youtube Facebook Twitter Google Plus Pinterest




Arquivos

Conteúdo


Youtube

Charges por E-mail

Receba os Posts do Humor Político em tempo real, assim que forem publicados!