Joaquim Barbosa dá selinho em Lewandowski

Em seguida, Barbosa tentou beijar Carmem Lúcia. Mas a excelentíssima ministra pediu vista

Em seguida, Barbosa tentou beijar Carmem Lúcia. Mas a excelentíssima ministra pediu vista

SUPREMO – Onisciente e onipotente, o mártir Joaquim Barbosa absolveu o selinho dado por Emerson Sheik em um amigo. “O eminente jogador do Corinthians agiu no sentido de atenuar o juízo pré-concebido pelo conjunto de torcedores majoritariamente machistas ao aplicar ósculos em um indivíduo”, sentenciou o supremo juiz.

Ciente de que, para além de seus juízos, cabe a ele dar o exemplo moral, o magnânimo juiz roubou (metaforicamente, bem entendido) um beijo de Ricardo Lewandowski: “Isso é para você aprender a nunca mais me esnobar”, disse, em seguida.

Assediado para deliberar em última instância sobre questões de cunho inadiável, como o tempo, o vento e as intermitências da morte, Barbosa divulgou um papiro, escrito à mão, em que afirma não ter encontrado espaço para julgar o pedido de Marco Feliciano para censurar o vídeo abaixo produzido pelo Porta dos Fundos.

por Piauí Herald cedido ao Humor Político

O Dia a Dia da nossa famigerada Política Nacional e Internacional com muito Humor, através de Charges, Tiras, Cartuns, Montagens e Vídeos!!

Publicado em Sátira Marcado com: , , , , , , , , , , , ,

Siga-nos

Youtube Facebook Twitter Google Plus Pinterest




Arquivos

Conteúdo


Youtube

Charges por E-mail

Receba os Posts do Humor Político em tempo real, assim que forem publicados!