Arquivo da tag: pecs

Cozinhando com a presidenta

Aprenda a fazer Pizza com a Dilma

por Nani para o Humor Político

Publicado em Governo Dilma | Com a tag , , , , , , , , , , , , , , , | Deixar um comentário

Enquanto isso na Corruplândia…

PECs e os Corruptos

por Elvis para o Amazonas em Tempo cedido ao Humor Político

Publicado em Corrupção | Com a tag , , , , , , , , , | Deixar um comentário

O Gato de Cheshire

Gato ilusório das PECs e o conflito entre judiciário, executivo e legislativo brasileiros.

por Boopo para a Veja online cedido ao Humor Político

O Gato de Cheshire é um gato fictício, personagem do livro Alice no País das Maravilhas de Lewis Carrol. Ele se caracteriza por seu sorriso pronunciado e sua capacidade de aparecer e desaparecer. Embora faça alusões a reflexões filosóficas, sua aparente função na trama diz respeito ao contato que estabelece com a personagem Alice. O Gato de Cheshire é dos poucos personagens que travam diálogo com a menina, explicando – mesmo que de forma confusa e perturbadora – certas regras do País das Maravilhas, orientando Alice em seu caminho. No livro, o Gato, apesar de independente, pertence a Duquesa. Leia mais…

Publicado em PEC | Com a tag , , , , , , , , , , , , | Deixar um comentário

Congresso submete decisões do Supremo a Caetano Veloso

 "O império da lei há de chegar no coração do Pará", anunciou Caetano, considerado por muitos o Quinto Poder da República.

“O império da lei há de chegar no coração do Pará”, anunciou Caetano, considerado por muitos o Quinto Poder da República.

LUA, LUA, LUA, LUA – Eficiente como uma Paula Lavigne legislativa, o presidente da Câmara, Henrique Alves, apresentou uma solução para pôr fim ao atrito entre os poderes judiciário e legislativo. “Submeteremos todas as decisões do Supremo ao juízo elegante de Caetano Veloso. Não há assunto nesta terra sobre o qual o vate popular não tenha uma opinião justa e abalizada”, explicou Alves, ressalvando que, pelo acordo, Gilberto Gil e Carlinhos Brown estão impedidos de prestar consultoria a Caetano. A informação trouxe grande alívio ao plenário, e provocou a adesão imediata de José Genoino, que de pronto solfejou: “Agora sim. Tudo certo como dois e dois são cinco.”

“O Supremo transformou o mito das raças impunes / Em Genoinos, Dirceus e Delúbios, e a coisa toda / Joaquim Barbosa é foda”, anunciou Caetano, dando o tom de sua gestão. Em seguida, julgou cafona o novo Maracanã, absolveu Mangabeira Unger, condenou Marco Feliciano a ir a um show de Daniela Mercury e deu ganho de causa à ação movida por Lobão, na qual o roqueiro demonstra que “Caetano é o magistrado mais careta desde a invenção do Judiciário”. Antes de cada veredicto, lembrou a situação de abandono em que se encontra o Pelourinho.

No final da tarde, a Comissão de Centralização de Poder (CCP) aprovou PECs que versam sobre a obrigatoriedade de Felipão submeter suas próximas convocações ao Congresso. “Já era senador quando o Brasil perdeu aquela final para o Uruguai na Copa de 50. Não posso me omitir novamente”, declarou José Sarney, negando ter defendido uma emenda que garante doze cargos na CBF para o PMDB. “São só onze”, esclareceu.

por Piauí Herald cedido ao Humor Político

Publicado em Sátira | Com a tag , , , , , , , , , , | Deixar um comentário