Cartunista sírio tem as mãos quebradas como “advertência”

Ali Ferzat, um renomado cartunista político, cujos desenhos ex­­pressam as expectativas frustradas dos sírios por mudanças, foi atacado depois de deixar seu estúdio. Ferzat, de 60 anos, conquistou o reconhecimento internacional e o respeito de muitos árabes com suas caricaturas mordazes que en­­fureceram ditadores, dentre eles o iraquiano Saddam Hussein, o líbio Muamar Kadafi e, particularmente nos últimos meses, a autocrática família Assad. - por Aroeira para O DIA

Sobre Humor Político

O Dia a Dia da nossa famigerada Política Nacional e Internacional com muito Humor, através de Charges, Tiras, Cartuns, Montagens e Vídeos!!
Esta entrada foi publicada em Ditaduras, Mundo e marcada com a tag , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.