Vereadora simula o próprio Sequestro

Vereadora que simulou o próprio sequestro

A vereadora de Ponta Grossa (PR) Ana Maria Branco de Holleben (PT), desaparecidade desde terça-feira (1º) reapareceu nessa quarta-feira (2) na Santa Casa de Misericordia demonstrando estar atordoada, e foi presa acusada de ter simulado seu próprio sequestro.
Segundo o delegado Luiz Alberto Cartaxo, a vereadora, eleita para seu terceiro mandato no ano passado, forjou o crime para impedir a eleição da Mesa Diretora da Câmara Municipal. “Não houve sequestro. Houve uma simulação, com o objetivo de proteger interesse próprio. Ou seja: não exercer seu direito de voto junto à Câmara Municipal na eleição da Mesa Diretora”, afirmou Cartaxo, em entrevista coletiva.
Holleben integra a bancada de oposição ao novo prefeito, Marcelo Rangel (PPS) – que concorreu contra o primo da vereadora, o deputado estadual Péricles de Mello (PT), nas eleições do ano passado.

 

Quem diria heim PT

por Sponholz exclusivo para o Humor Político

Sobre Humor Político

O Dia a Dia da nossa famigerada Política Nacional e Internacional com muito Humor, através de Charges, Tiras, Cartuns, Montagens e Vídeos!!
Esta entrada foi publicada em Vereadores e marcada com a tag , , , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Comente

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.