Enquanto Mauro Mendes arrocha aposentados e pensionistas de Mato Grosso em 14%, alegando que as finanças do Estado estão sob risco, incentivos e renúncias fiscais representam quase um 1/5 da verba concedida aos mais ricos, que somam uma totalidade de R$ 4,5 bilhões!

Esta entrada foi publicada em humor e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.