O (des)governo Mauro Mendes vetou a vacinação contra a Covid-19 para os profissionais da Educação. O fato revela que a Educação nunca foi tratada com a devida prioridade. A Assembleia Legislativa e o governo têm discurso demagógico de que “a educação é serviço essencial”, mas o objetivo é abrir as escolas sem condições de segurança, mesmo em meio a grave crise sanitária. SINTEP/MT

Esta entrada foi publicada em humor e marcada com a tag , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.