Arquivo da categoria: Sátira

CPMF de Paulo Guedes vai taxar cada ofensa dita por Mourão ou Bolsonaro

Guedes afirma que a nova medida irá aquecer a economia e os ânimos do país

Guedes afirma que a nova medida irá aquecer a economia e os ânimos do país

POSTO IPIRANGA – “É uma solução tão perfeita que eu resolvi chamá-la de solução final”, explicou Paulo Guedes, economista-chefe do candidato Jair Bolsonaro. “A ideia é ultra sofisticada, baseada numa equação que aprendi na Escola de Chicago. Em vez de CPMF, o povo pagará uma alíquota para cada ofensa dita pelo general Mourão ou pelo querido líder Bolsonaro. Será de uma eficiência atroz, porque o eleitor terá o dinheiro retirado de sua conta justamente no momento em que estiver feliz, postando no Facebook que o líder voltou a mitar.”

Guedes explicou que o sistema terá uma tabela pré-fixada, com valores para cada ofensa dita pela dupla de candidatos: “Quando Bolsonaro voltar a dizer que precisa matar 30 mil pessoas para melhorar o país, o caixa do governo vai aumentar automaticamente em 30 milhões de reais.” Além disso, Guedes explicou que sua equipe está formulando uma equação para determinar o valor em impostos das palavras “fraquejada”, “vagabunda”, “viadinho”, “mimimi”, e das frases “direitos humanos pra humanos direitos” e “nem merece ser estuprada”.

Como era de esperar, o mercado reagiu com euforia ao anúncio da solução final: houve  queda do dólar, alta da bolsa, e queima de indígenas (também houve alta nos papéis de laboratórios que fabricam ansiolíticos). Nos corredores dos escritórios, já se comenta irreverentemente que Guedes irá criar um novo mercado, o de incommodities. Em comemoração à nova perspectiva financeira, o BTG Pactual encomendou uma pesquisa a ser feita com dois mil brasileiros trabalhadores da Avenida Faria Lima.

Publicado em Sátira | Deixar um comentário

Mourão: nova Constituição será escrita apenas por destros

Mourão explicou que a mão esquerda só poderá ser usada para fazer arminha

Mourão explicou que a mão esquerda só poderá ser usada para fazer arminha

AI-6 – “O que a gente quer? Uma sociedade do cidadão direito. Alguém fala ‘cidadão esquerdo’? Não fala. Então só vai ter destro nessa missão patriota.” A frase foi dita pelo General Hamilton Mourão, candidato a vice-presidente na chapa de Jair Bolsonaro, durante evento em que explicou seus planos para uma nova Constituição. Segundo o militar, a lei suprema do país deverá ser redigida apenas por pessoas que escrevam com a mão direita: “Queremos evitar qualquer, repito, qualquer influência da esquerda nesse documento”.

O general também revelou outros planos que virão a reboque da mudança na lei: “Vamos tirar a doutrinação das crianças que escrevem com a mão esquerda. Sabemos que isso não é algo natural, é algo que se escolhe por influência. Em uma escola sem partido, os chamados ‘canhotos’ vão aprender, custe o que custar, a escrever com e para a direita”. A nova diretriz também deve atingir as leis de trânsito: “Não podemos mais tolerar conversões à esquerda. A partir de primeiro de janeiro, o cidadão de bem vai ter que efetuar três conversões à direita se quiser virar para o outro lado”, completou, antes de explicar que pretende abolir a palavra esquerda do vocabulário. “O povo terá que o usar o termo ‘anti-direita’, que é o único sem viés ideológico.”

Mourão voltou a afirmar que a nova Constituinte não terá qualquer ingerência do povo. “As coisas mudaram. Hoje tem drone no lugar de avião, tem cirurgia feita por robô, então pra que precisa de povo pra escrever Constituição?” Fontes próximas ao general dizem que ele também pretende reescrever as regras do Banco Imobiliário, do Jogo da Vida e do Imagem & Ação. “A ideia é que todos esses jogos sigam a mesma cartilha do War.” O plano só deve ser implementado num segundo momento, por ser muito mais complexo do que a mudança na Constituição.

Publicado em Sátira | Deixar um comentário

Andrade, do almoxarifado, já desmentiu candidatura à Presidência 237 vezes

Andrade (à dir.) se diz preparado para a presidência, por ser um especialista em burocracia

REPARTIÇÃO – A vida de um brasileiro virou de cabeça para baixo com o anúncio da substituição do ex-presidente Lula por Fernando Haddad na chapa do PT para a Presidência da República. Andrade Jorge de Andrade, o Andrade, supervisor de almoxarifado em uma pequena fábrica do interior do Tocantins, recebeu cerca de 50 telefonemas de jornalistas, familiares e parlamentares nas últimas 24 horas. Além disso, teve que se mudar, em caráter emergencial, devido ao acúmulo de vizinhos na porta de sua casa.

A confusão se deve ao desconhecimento do candidato petista Fernando Haddad – que, não raro, costuma ser chamado de “Andrade”, até mesmo por quem diz apoiá-lo. “Isso apenas demonstra a popularidade do nosso candidato”, declarou o PT, em nota divulgada à imprensa. “Não importa que o povo não saiba quem é o Haddad, até porque Andrade é uma ideia, não um político.” Segundo recente pesquisa do Datafolha, Andrade, o almoxarife, é mais conhecido em sua cidade do que o candidato do PT (87% dos entrevistados tentaram corrigir o pesquisador quando perguntados se votariam em Haddad).

“Talvez a resposta seja desistir da vida na repartição e me candidatar de uma vez”, afirmou Andrade (o do almoxarifado), não sem antes ser interrompido seis vezes por xingamentos, elogios e pedidos de indulto. Afirmou já ter formulado um projeto que obriga todo colaborador da Lava Jato a escrever a delação em caneta vermelha (quando o denunciado é petista), azul (quando é tucano), ou preta (quando o protagonista é Michel Temer). A Abraxarife (Assossiação Brasileira dos Almoxarifes) saiu em defesa de uma possível candidatura de Andrade (que teria como vice seu assistente na repartição, o Peixoto). Já a construtora Andrade Gutierrez aproveitou o crescimento do homônimo para criar um Departamento de Operações Estruturadas.

Publicado em Sátira | 1 comentário

URGENTE: Trump acusa Temer por carta apócrifa publicada no New York Times

Michel Temer e Trump

Trump passou a gostar dos mexicanos depois que conheceu o MDB

HOUSTON, WE HAVE A TEMER – Em um movimento brusco, que acionou alarmes em diversos órgãos internacionais, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, acusou o brasileiro Michel Temer de ser o autor de uma carta anônima, bastante crítica ao seu governo, publicada na semana passada pelo jornal americano The New York Times. Em sua conta do Twitter, Trump ameaçou: “Isso não vai ficar assim. Nós teremos uma resposta muito, muito grande. Vai ser a melhor resposta. Eu sou ótimo em respostas, vocês verão como sei escrever respostas”.

Trump passou a desconfiar de Temer após uma força-tarefa formada por agentes da CIA, do FBI e de atores dos seriados de José Padilha identificarem uma mesóclise no texto apócrifo. Até então, o presidente americano acreditava que a frase “não confiá-lo-ia sequer os cuidados de uma tartaruga” tratava-se de um erro de digitação. A assinatura “Verba volant scripta manent”, também levantou suspeitas.

No Planalto, a acusação de Trump não foi desmentida nem confirmada pelo marqueteiro da alt-right Elsinho Mouco, o Steve Bannon de Michel Temer. Ainda assim, Alt-Mouco não descartou responder às ameaças com uma solução definitiva, que terá poder de destruição muito maior do que o do arsenal atômico americano. “O presidente Michel Temer pode gravar um vídeo associando seu governo ao de Trump. Da última vez que ele usou esse artifício, acabou gerando a extinção definitiva dos tucanos.”

Publicado em Sátira | Deixar um comentário

Apoiadores de Bolsonaro adotam sobrenome “do Açaí” em apoio ao candidato

“Açaí é bom pra não dar aquela fraquejada”, explicou Bolsonaro

“Açaí é bom pra não dar aquela fraquejada”, explicou Bolsonaro

BB GUN SUCOS – Cartórios de todo o Brasil amanheceram com longas filas, provocadas pelo movimento de pessoas interessadas em protocolar pedidos de mudança de nome. O fenômeno foi puxado por apoiadores do presidenciável Jair Bolsonaro, que passaram a adotar o sobrenome “do Açaí” em apoio ao deputado federal. A alcunha faz referência à funcionária fantasma Wal do Açaí, que recebeu salário, por 15 anos, do gabinete de Bolsonaro, apesar de nunca ter dado expediente na Câmara dos Deputados.

“É uma jogada de mestre. Assim como o PT fez com o Lula, transformando-o em uma ‘ideia’, o Bolsonaro está fazendo com a Wal”, afirmou Elsinho Mouco, publicitário do Planalto que pretende protocolar um pedido para virar Elsinho do Temer, Elsinho do Jaburu, Elsinho do Impeachment, Elsinho do Porto de Santos ou Elsinho do Tem Que Manter Isso Aí, Viu?, em homenagem ao seu chefe atual. “E pensei também em Elsinho da Mesóclise, o que fá-lo-ia muito feliz”, brincou. “E nada impede que eu acrescente um ‘do Açaí’ a partir de outubro, claro.”

No Rio de Janeiro, apoiadores mais fervorosos de Bolsonaro chegaram a adicionar complementos ao novo sobrenome. Alguns exemplos: “Bruce do Açaí Sem Xarope e Pouca Granola”, “Flávio do Açaí Batido Com Morango”, “Royce do Açaí com Cupuaçu e Whey.” Houve ainda um pedido de registro de Jair do Açaí Com Auxílio-Moradia Batido na Porrada, que está sendo analisado pelo STF.

Publicado em Sátira | Deixar um comentário

Bolsonaro propõe anistia ampla e irrestrita ao que foi dito nos debates

Bolsonaro também estuda baixar um ato institucional permitindo que Paulo Guedes o represente nos próximos debates

Bolsonaro também estuda baixar um ato institucional permitindo que Paulo Guedes o represente nos próximos debates

COMISSÃO DA MEIA VERDADE – “É um projeto em que todo mundo sai ganhando”, disse o presidenciável Jair Bolsonaro, em coletiva de imprensa realizada num posto Ipiranga construído sobre o terreno do antigo DOI-CODI. “Ninguém vai falar mais da falta de elegância do Ciro, da falta de carisma do Alckmin e da falta de educação da Marina, que deu um pito num candidato homem que nem lembro mais quem era.”

Bolsonaro se referia ao projeto que acaba de apresentar, de promover uma anistia ampla e irrestrita com relação a tudo que foi dito por ele e pelos demais candidatos nos dois debates já realizados. “Assim o povo se esquece do que foi dito ali e volta a se pautar só pelo que eu posto na internet, xará. É o que eu sempre digo: debates humanos pra humanos que debatem no Zap.” A proposta vem na esteira de sua relutância em participar dos próximos debates na televisão. “O Romário fazia gol sem ir pro treino. Pra que que um candidato precisa ir pra debate então?”

Caso a proposta não vingue, o deputado já tem, na manga, uma série de compromissos agendados que impediriam sua participação nos encontros televisivos: “Eu tenho que ir na apresentação de karatê do Eduardo, na peça da escolinha sem partido do Flávio e na prova de natação do Carlos”. Quando questionado sobre um possível remanejamento desses compromissos, Bolsonaro afirmou ter também consultas médicas, aulas de zumba, batizados de sobrinhos e um casamento heterossexual nos dias citados.

Publicado em Sátira | 1 comentário

Eurico Miranda se candidata em chapa só com vice

Todas as negociações da vice-candidatura de Eurico serão finalizadas pelo artilheiro Romário Eurico

SÃO JANUÁRIO – Após uma semana de conchavos, conluios e acordos, o cenário eleitoral brasileiro se viu diante de mais uma notícia inusitada: em uma jogada sem precedentes, o ex-presidente do Vasco, Eurico Miranda, anunciou que pretende concorrer à vice-presidência da República, numa chapa sem candidato à presidência. “Quem manda nesse país é o vice, isso a gente já viu com o Temer, o Itamar e o Sarney”, declarou. “E de vice o Vasco entende. Então chega de blábláblá, o melhor para o trabalho sou eu e ponto.”

Eurico falou que a eleição direta de um vice-presidente pode resultar em importante corte de gastos. “Impeachment leva tempo e custa caro. Mas agora o vice já assume de uma vez, implementa tudo o que o Centrão e o MDB querem, e ninguém entra nesse mimimi de que foi golpe.” Seu plano de governo vai consistir em fazer o Vasco great again. “E também vou trocar a Força Nacional pela Força Jovem. É bom que assim a polícia ganha salvo conduto pra prender bandido com camisa do Flamengo.”

A notícia pegou de surpresa o candidato Jair Bolsonaro, que vinha se esforçando, nos últimos dias, para compor a lista mais surreal- com um astronauta, um príncipe, um general e uma cantora de heavy metal disputando o posto de vice na sua candidatura. Surpresa igual foi sentida no comitê do PT, que cogitava nomear Eurico como suplente de Manuela D’Ávila (que é suplente de Haddad, que é suplente de Lula, que morava no sítio de J.Pinto Fernandes, que não havia entrado na história porque era defendido pelo Kakay).

Publicado em Sátira | 1 comentário