A carta do Palocci

“Até quando vamos fingir acreditar na autoproclamação do ‘homem mais honesto do país’ enquanto os presentes, os sítios, os apartamentos e até o prédio do Instituto (!!) são atribuídos a Dona Marisa”, questiona Palocci na carta endereçada à presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann. Na carta, o ex-amigo de Lula questiona: “somos um partido político sob a liderança de pessoas de carne e osso ou somos uma seita guiada por uma pretensa divindade?”

Esta entrada foi publicada em Lula e marcada com a tag , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Comente