Ao negar candidatura, nariz de Luciano Huck cresce e vira bico de tucano

Um Ramphastos huckensis em pleno ritual da negação

SIMBA SAFARI – Quando, certa manhã, Luciano Huck acordou de sonhos intranquilos, encontrou-se numa entrevista metamorfoseado em ave formosa. Enquanto negava pretender concorrer à presidência da República, seu nariz assumia a forma de um bico de tucano, semelhante àquele do atual prefeito de São Paulo. Coincidentemente, em conversas muito privadas com Geraldo Alckmin, João Doria também nega que tenha intenção de se tornar presidente. Já em público, a pretensão é negada por meio da exibição de propagandas da prefeitura paulistana no horário nobre, em todo o território nacional.

Para o professor Pasquale Cipro Neto, o verbo negar vem assumindo significados novos na língua portuguesa, em particular desde que Eduardo Cunha negou que tivesse contas na Suíça e a Odebrecht negou ter participado de esquemas de corrupção.

Esta entrada foi publicada em Sátira. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.