Bolsonaro acusa ONGs por queimada em reputação do PSL

O ministro do Meio Ambiente Ricardo Salles avisou que todo o dinheiro do Fundo Amazônia vai ser redirecionado a plantação de laranjais

MICO LEÃO DOURADO – “Esse é o governo que mais preserva o PSL, tá ok?” A frase foi dita nesta manhã pelo presidente Jair Bolsonaro, durante coletiva de imprensa realizada sobre as cinzas de uma plantação de laranja que ia do Rio de Janeiro a Brasília, com escala em Belo Horizonte. “Essa queimada aí que vocês tão vendo na reputação do partido foi coisa daquelas mesmas ONGs que botaram fogo na Amazônia. O Bivar é mais comunista que o Jorge Soros, tá ok?”A frase foi dita logo depois de Bolsonaro deixar o Palácio do Alvorada, onde disse a um filiado do PSL que o presidente do partido, Luciano Bivar, estava “queimado pra caramba”. “Sabe o que significa PSL?” perguntou Bolsonaro, já na coletiva de imprensa. “É Partido Socialista Lulista, xará. O Bivar e o Bebianno foram os dois criados no Foro de São Paulo, tá ok?”Além da reputação queimada, o PSL começa a sofrer também com outro impacto que vem estragando o clima. Manchas de óleo de peroba oriundo de localização ainda não identificada atingiram as costas do partido. No topo da lista de suspeitos do ataque está o ex-filiado, ex- aliado político, ex-ator pornô e ex-de Cláudia Raia, Alexandre Frota, que foi expulso da sigla em um processo litigioso e desde então vem dizendo nos bastidores: “O negócio é queimar o Carluxo e Mandetta!”

Esta entrada foi publicada em humor. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.