CNN Brasil contrata general Pazuello como garoto-interino do tempo

RIO DAS PEDRAS 40 GRAUS – Após colocar um racista para comentar racismo e um fascista para falar dos movimentos anti-fascistas, a CNN Brasil quebrou mais uma vez (com paulada no joelho) os limites do velho jornalismo. Em decisão que causou impacto num total de zero pessoas, a Record da Record contratou o General Pazuello como seu novo garoto-interino do tempo. Caso o general continue repetindo que o Nordeste fica em outro hemisfério, a emissora cogita até promovê-lo ao cargo de debatedor-interino, caso em que Pazuello substituiria o debatedor-sênior da emissora e interino de Kaká, Caio Coppolla.

“Tem muita incidência de petista nessa faixa vermelha, que é o que chamamos de hemisfério sul do hemisfério norte e hemisfério leste do sudeste”, explicou Pazuello, no piloto gravado nesta manhã, diante do novo mapa do Brasil, enquanto usava um ímã e uma bússola para fazer apontamentos geográficos. “Agradeço à oportunidade da emissora, que todos sabemos, preza por apontar o norte em termos de jornalismo, que, coincidentemente, aponta para o Triângulo das Bermudas da ética.”

Além de Pazuello como interino do tempo, a CNN também estuda contratar o novo guru do bolsonarismo, Sir Robert Jefferson, para criticar a corrupção em Brasília; o ministro Abraham Weintraub para ensinar ortografia à frente do matutino “Telecurso 1964”; e o agroboy Ricardo Salles, que deve comandar o dominical CNN Ruralista, onde mostrará os novos lançamentos na indústria da serra elétrica e as tendências mais quentes no campo do desmatamento insustentável. O dramaturgo Ricardo Alvim é cotado para ser correspondente em Israel.

Esta entrada foi publicada em humor, Humor Político. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.