Derretimento da Petrobras será mais rápido que o das calotas polares, afirmam ambientalistas da Faria Lima

“Ao serem informadas sobre o derretimento da arqui-inimiga Petrobras, Calotas Polares comentam: ‘parece que o mundo dá voltas, queridinha’”

PROTOCOLO DE KYOTÁRIOS – Pânico nas geleiras da Faria Lima. Após passar dois anos acreditando numa fábula entoada pelo contador de histórias Paulo Guedes, o mercado acordou estupefato com a constatação de que o presidente Jair Bolsonaro não é um liberal. A surpresa gerou uma reação climática em cadeia, culminando com o derretimento das ações da Petrobras na Reserva Ecológica da Bovespa, e com a liberação de doses cavalares de enxofre na atmosfera.

“Essa indicação de um general para o lugar de um economista, vindo de um governo que indica general até para ministro da Saúde, é algo que ninguém do mercado podia imaginar”, explicou um investidor que é dono de um hedge fund e CEO de uma ONG que doa vidraças blindadas para agências bancárias em situação de rua. “O que vem agora? Intervenção na Eletrobrás? Demissão do Salim Mattar? Criação de estatal para explorar garimpo de nióbio?”O derretimento da Petrobras coincidiu também com um aumento do risco-Brasil e da temperatura do óleo que tem fritado o ministro Paulo Guedes, que no atual momento tem menos apoio no país do que a rapper Karol Conká.

Esta entrada foi publicada em humor, Sátira. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.