Doria decreta lockdown no PSDB para evitar ascensão de Eduardo Leite

Logo após o decreto de Lockdown, Doria embarcou para Miami e extinguiu o passe livre para a ala idosa do partido

CAUCUS DE JARDIM EUROPA – Alerta sanitário no grã-tucanato. Depois de ver seu projeto de golpe infralegal no PSDB ir por água abaixo, o governador de São Paulo, João Doria, decretou lockdown dentro do próprio partido. A medida, extrema, visa conter a ascensão de seu correligionário, o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, até as eleições presidenciais de 2022.

“Aqui no PSDB tem gestor”, explicou o governador de São Paulo, que foi contaminado com o vírus transmitido pela mosca azul desde que pisou no Palácio dos Bandeirantes, em 2018. “E é nessa condição de gestor que eu determino que nenhuma pessoa filiada ao partido poderá sair de casa enquanto essa terrível mosca que me mordeu não for contida.”

Estimativas da OMS dizem que o lockdown deve seguir até 2022 – isso, claro, se ainda houver democracia no Brasil em 2022. “Respeitem as regras sanitárias. Fiquem em casa. Não saiam, principalmente se for para pular o carnaval ou para apoiar postulante gaúcho”, concluiu Doria.

Esta entrada foi publicada em humor, Sátira. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.