Governo corta 92% da Ciência e lança programa Buraco sem Fronteiras

O Brasil deve se tornar vanguarda no estudo de formações geológicas ao voltar empiricamente à idade das pedras Foto: Washington Costa/Ministério da Economia

CNPQP – “Até partícula subatômica indo pra Disney!” esbravejou o ministro da Eugenia e da Economia, Paulo Guedes. “Era uma festa danada! Pera aí vai ali brincar de jovem cientista, queimar uma formiga com lente de aumento, botar mentos na coca-cola!” A sugestão veio durante a cerimônia de anúncio da redução de 92% da verba para ciência e lançamento do novo programa de estímulo do governo, o Buraco sem Fronteiras.

Quem também estava presente no evento era o ministro da Ciência e Tecnologia, Astronauta Marcos Pontes, que disse: “Eu deito a cabeça no meu travesseiro da NASA e durmo tranquilamente. Nós veremos que no quesito decadência esse governo não conhece os limites! Ao desespero infinito e além!”

O novo programa do governo deve investir em áreas promissoras como a perfuração de fundo de poço, a formação fortunas em paraísos fiscais e o desenvolvimento do nano-caráter com tecnologia 100% nacional.

Esta entrada foi publicada em humor, Sátira. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.