Governo privatiza grupo de zap dos ministros para criar reality show

Com um formato ousado, o novo reality mistura elementos de programas como Big Brother, A Fazenda, Power Couple, Patati & Patatá e A Praça É Nossa.



MTV (MIMIMI TELEVISION) – “Tiro! Porrada! Bomba! Trairagem!” Esse é o lema do reality show De Férias Com o Ex-ministro, que o governo federal lançou ontem, após a maior treta de todos os tempos da última semana do grupo de WhatsApp dos ministros do governo Bolsonaro. “No mês passado já havíamos apresentado um teaser desse reality quando o ministro Salles chamou o Ramos de #mariafofoca”, contou o diretor Roberto Goebbels Alvim, o Goebbelzinho, convidado para comandar a atração. “É por isso que eu digo que o reality show brasileiro da próxima década será heroico e será nacional. Será dotado de grande capacidade de envolvimento emocional e será igualmente imperativo, ou então não será nada.”

A ideia de privatizar as tretas do grupo de WhatsApp foi apresentada ao presidente Bolsonaro pelo ministro Paulo Guedes. “No tocante a isso daí, o Ipiranga mostrou que a commodity da treta tava tendo mais saída que o arroz e o dólar, tá ok?”, explicou Bolsonaro. “Então ele falou que era pra aproveitar que não tá passando o Big Brother e privatizar logo esse grupo daí, que o SBT pagava 1 trilhão de reais.”

O governo anunciou também o início da produção do programa Irmão Bolsonaro à Obra, em que os filhos do presidente disputam quem consegue fazer mais negócios escusos no setor imobiliário. “Tem terreno grilado, construção de prédio com milícia, camarote em estádio nacional fruto de tráfico de influência, investimento com dinheiro de rachadinha”, explica o release publicado nas redes sociais da Secom. “É um programa didático, prato cheio pra família de bem e de bens!”

Esta entrada foi publicada em humor, Sátira. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.