Governo tenta fritar Guedes antes do fim da janela de transferência para o Barcelona

O governo também estuda contratar o artilheiro americano Steve Bannon, hoje sem time

BUNDÕESLIGA – “O Barcelona não tá com uns problemas aí de dinheiro? O Ipiranga tem experiência pra ajudar o pessoal com isso daí, tá ok? Ai ele aproveita e já fica por lá”, afirmou o presidente Jair Bolsonaro, sobre a possibilidade do atual ministro da Economia, Paulo Guedes, ocupar o lugar a ser deixado por Lionel Messi no time catalão. “Se não der certo a gente transfere ele pro Banco Mundial pra jogar lá com o Weintraub.”

Com passagens por equipes como News Old Chicago Boys, Faria Lima-Saint Germain, BTG de Munique e Real Desvalorizado Madrid, Guedes promete resultados: “Temos que entrar em campo respeitando o câmbio adversário e ouvindo os ensinamentos do professor Milton Friedman. A expectativa é de que o Barça volte à elite do futebol mundial em oito, nove, dez, quinze, 22 meses.”

Comentaristas esportivos contam que a situação de Guedes na equipe do Vivendas da Barra ficou insustentável depois que o treinador decidiu furar o teto de jogadores, escalando o time no famoso esquema 4-4-171. Como o passe do ex-menino prodígio já não anda tão valorizado, a transferência deve ser fechada em 89 mil reais, a serem depositados na conta da empresária Michele Bolsonaro.

Esta entrada foi publicada em humor, Sátira. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.