Lumena é responsável pelo cancelamento do ponto facultativo de carnaval

Em oposição a Lumena, o apresentador do BSB 21 Arthur Lira já garantiu imunidade parlamentar para todo deputado que sambar sem máscara

QUARTA-FEIRA DE BRASAS – “Esse feriado transversalizou as palavras dos oprimidos com o intuito egoístico de transcender a normalidade dos fatos”, afirmou a participante do BBB Lumena ao determinar o cancelamento de todos os pontos facultativos deste carnaval.

A notícia pegou de surpresa muitos foliões que já se preparavam para ignorar as condições da pandemia. Deputados e senadores que se encontravam no aeroporto de Brasília foram impedidos de embarcar para Salvador, Rio de Janeiro e Miami, fazendo com que a polícia tivesse que ser acionada para conter um início de motim. Em Olinda, a situação foi ainda mais drástica: além de ter o carnaval cancelado, a cidade pernambucana foi obrigada a mudar de nome, para se adequar aos tempos atuais.  “É uma ressignificação mais do que necessária, meu parceiro”, explicou Lumena. “Olinda é um nome sexista, decorrente do machismo estrutural que exalta a beleza superficial, e não sua capacidade de potencialização e agenciamento.” Pelo novo decreto, a cidade passa a se chamar Oempoderada.

O presidente Jair Bolsonaro expressou seu descontentamento com as mudanças via redes sociais: “No tocante a isso daí é um absurdo, tá ok? Eu já estou pronto pra dar meu mergulho e causar aglomeração na Praia Grande, Florianópolis, Fernando de Noronha e naquelas praias feias do Rio Grande do Sul que ninguém sabe o nome. Não vou cancelar nada!” O presidente também reclamou que o cancelamento vai impossibilitá-lo de assistir e compartilhar novos vídeos de golden shower.

Esta entrada foi publicada em humor, Sátira. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.