Paulo Guedes já é diretor da Cinemateca na Austrália

O ministro já apresentou uma proposta para aumentar a taxação de longas, curtas, médias metragens e stories de instagram: “Tava uma festa danada, até empregada fazendo filme!”

PUM DO PALHAÇO – É oficial. Após a saída de Mansueto Almeida, Salim Mattar e Paulo Uebel de sua equipe, o futuro ex-ministro da Economia, Paulo Guedes, aceitou o cargo de diretor da Cinemateca de São Paulo. No novo cargo, Guedes deve dividir uma sala e uma mágoa com a atriz e ex-secretária de Cultura, Regina Duarte.

“Eu falei pro Guedes que essa coisa de Posto Ipiranga acabou, tá ok? Pra ficar no governo ele ia ter que virar Posto Petrobras. Aí ele fez que nem a Regina e pediu pra ir pra essa coisa aí de Cinemateca, que é o sonho de todo economista”, disse o presidente Jair Bolsonaro. Para o lugar dos Chicago Boys de Guedes, Bolsonaro pretende escalar uma junta de liberais de quatro estrelas, os famosos Agulhas Negras Boys.

O ministério da Economia afirmou que não se trata de uma transferência, mas sim de uma joint venture entre as duas instituições. Guedes explicou: “Eu li Tarkovsky sete vezes no original. Tenho certeza que em cinco, seis, sete, oito meses tenho certeza que vamos ter resultados ótimos no restauro e conservação de 20, 30, 40, 50, 60, 70 bilhões de filmes.”

Esta entrada foi publicada em humor, Sátira. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.