“Quem somos nós para julgar?”, indaga Gilmar Mendes no julgamento da chapa Dilma-Temer

Gilmar Mendes lava as mãos

 

BOTOCÚNDIA – Gilmar Mendes, presidente do Superior Tribunal Eleitoral, abriu o julgamento do processo de cassação da chapa Dilma-Temer nesta manhã com um alerta aos seus colegas ministros: “Excelentíssimos, peço que reflitam com cuidado sobre a ação em questão. Anular uma chapa presidencial requer um exame muito cuidadoso. Quanto mais tempo dedicarmos à análise dos autos, mais tempo será necessário, pois multiplicar-se-ão as evidências.”

Atônito, o colegiado escutou em silêncio as palavras de Mendes, que seguiu: “Ao longo dessa jornada, que por certo não acabará antes de 2018, fatalmente nos perguntaremos todos: quem somos nós para julgar? Precisamos reconhecer com humildade a precariedade da nossa condição de magistrado.”

Ao fim da sessão, Mendes fez um último apelo aos juízes: “Caso, no entanto, decida-se por dividir a chapa e avaliar as contas de cada candidato em separado, é fundamental que recobremos os nossos sentidos, honremos a toga que trajamos e defendamos com altivez e firmeza a governabilidade.”

Esta entrada foi publicada em Sátira. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

2 respostas para “Quem somos nós para julgar?”, indaga Gilmar Mendes no julgamento da chapa Dilma-Temer

  1. Moura disse:

    …….”Ou seja; vão dar tempo ao tempo e ver como fica. Afinal os Magistrados da mais alta côrte brasileira – com raríssimas exceções -, querem ver o País pegar fogo, pois assim; comem peixe assado, regados ao vinho tinto de sangue ,dos eleitores dos PTs…PMDBs, PPs, PSDBs, e Outros”!

  2. Fátima disse:

    Comentário perfeito de Moura.

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.