Roberto Jefferson inova e investe em deputado já preso

Daniel Silveira pretende recorrer ao STJ contra sua prisão, que foi determinada pelo STF: “Lá os juízes são amigos”, declarou

BOVINESPA – Eterno investidor em políticos da situação, o presidente do PTB, Roberto Jefferson – que já teve tentáculos nos governos Collor, Lula e Temer  – inovou uma vez mais. Após passar os últimos anos apostando em ataques contra o STF e em cortejos ao presidente Jair Bolsonaro, Jefferson conseguiu a filiação, ao seu partido, de um deputado federal já encarcerado. O movimento, disruptivo, aponta para uma tendência em Brasília que pode vir a incluir qualquer parlamentar (menos os que têm o sobrenome Bolsonaro, impossibilitados pelo STJ de serem presos).

“A Lava Jato e o STF vêm mostrando, nos últimos anos, que o destino natural de vários dos políticos brasileiros é o cárcere”, explicou o presidente do PTB, ele mesmo um ex-presidiário. “Tendo isso em mente, já filiamos um deputado federal que vem encarcerado de fábrica, o que certamente representa uma enorme economia em termos de gasolina, já que ele não pode sair da cela. E todo mundo sabe que combustível é o maior custo que os deputados costumam ter na prestação de contas.”

Segundo fontes em Bangu e em Brasília, o próximo passo de Jefferson é tentar indicar Daniel Silveira para o Ministério do Trabalho, caminho que já tentou fazer com sua filha Cristiane Brasil. Se conseguir completar essa jogada de mestre, Jefferson vai deixar o DF mais uma vez de queixo caído, por se tratar de um cargo em um ministério já extinto. “Esse é um cargo que me desperta os instintos mais primitivos”, afirmou Bob Jeff.

Esta entrada foi publicada em humor, Sátira. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.