Roberto Jefferson se lança na literatura patriota-erótica com 50 Tons de Verde e Amarelo

CINE & CELA PRIVÉ – O ex-deputado federal, ex-aliado de Jair Bolsonaro e atual presidiário Roberto Jefferson lançou essa semana seu mais novo livro. Intitulado 50 Tons de Verde e Amarelo, a publicação conta uma história que envolve elementos clássicos como poder, sedução, traição e malversação de dinheiro público.

“O presidente tentou uma convivência impossível entre o bem e o mal. Acreditou nas facilidades do dinheiro público. Esse vício é pior que o vício em êxtase. Quem faz sexo com êxtase tem o maior orgasmo ou ejaculação que o corpo humano de Deus pode proporcionar. Gozou com êxtase, para sempre dependente dele.”

É nesse clima de tensão que segue o romance que está abalando as estruturas da literatura político-partidária de Brasília. O autor é um velho conhecido das páginas dos jornais que já passou pela editoria de política, depois de polícia e agora figura entre os artigos da seção de artes.

Esta entrada foi publicada em humor, Sátira. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.