Trump corta luz dos EUA para adiar resultado de eleição

“It’s gonna be a huge apagão”, declarou o americano (Foto oficial da Casa Branca por Shealah Craighead)

PARTIDO REPUBLIQUETA – “STOP THE COUNT!”, tuitou novamente o caudilho americano Donald Trump, antes de cortar a luz de todos os Estados Unidos, em mais uma tentativa de reverter o resultado das eleições. A tática foi inspirada no exemplo de Macapá, a capital do Amapá, que precisou adiar o pleito para prefeito em função da escassez de luz que já leva uma semana, causada por uma falha em um gerador.

“Quando acaba a saliva, a gente vai pro apagão, tá ok?”, disse o presidente brasileiro Jair Maricas Bolsonaro, orgulhoso de ter exportado a tecnologia para o americano. “Só pedi pra pro Trump não tirar a luz lá da estátua da Liberdade, que aí ia dar uma briga danada com o Véio da Havan. O nome disso é diplomacia, tá ok?”

A embaixada brasileira em Washington já começou os preparativos para uma cerimônia íntima de golpe de Estado à luz de velas. “Será um petit comitê para celebrar o coup d’etat e a relação hétera entre os dois países. Não precisamos de luz elétrica pois temos a luz de nossos líderes”, afirmou o chanceler Ernesto Araújo.

Esta entrada foi publicada em humor, Sátira. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.