#maismedicos #menosbolsonaro

Gracias Cuba

Esta entrada foi publicada em Cuba, Governo Bolsonaro e marcada com a tag , , , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

2 respostas a #maismedicos #menosbolsonaro

  1. Luiz Bavaresco disse:

    Ficavam com 30% do soldo,o restante ia para seus donos lá no feudo comunista da ilha. Graças à sensatez estão libertos e voltam para a senzala grande para não ver seus familiares trucidados . Qual a diferença da escravidão colonial com a escravidão desses infelizes médicos,moedas de troca com os governos do PT?

  2. Sonia Santos disse:

    Pergunta básica: quem rescindiu o “contrato unilateralmente”?? Qual fato teve peso maior que a saúde de brasileiros e o emprego dos cubanos??

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.