Gilmar Mendes é visto vagando após negar habeas corpus

Gilmar Mendes precisou de ajuda técnica para aprender como negar um habeas corpus

Gilmar Mendes precisou de ajuda técnica para aprender como negar um habeas corpus

DESERTO – Agentes de saúde e de segurança foram acionados na madrugada de segunda-feira para atendimento de uma ocorrência envolvendo o ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes. Segundo os profissionais envolvidos, Mendes estava vagando pela região central de Brasília, área conhecida como Cracolândia, balbuciando repetidamente a frase “Meu Deus, meu Deus, por que me abandonaste?”. Fontes próximas ao ministro dizem que seu comportamento começou a mudar após ele proferir a sentença que negava habeas corpus coletivo a condenados em segunda instância.

Testemunhas afirmam que Mendes vagava pelas ruas ainda vestindo sua toga, o que teria levantado suspeitas de comerciantes locais, que acreditaram que o ministro fazia parte de alguma companhia de teatro amador. As autoridades foram acionadas e levaram o magistrado para uma unidade de atendimento onde ele foi medicado e posteriormente liberado com a apresentação de um habeas corpus de segurança encontrado no bolso de seu paletó.

Hoje pela manhã Mendes não se pronunciou sobre o ocorrido, mas entrou com pedido para que a região onde foi encontrado receba o nome de “Corpuslândia”, e que ali seja erguido um “Monumento ao Habeas Corpus Desconhecido”.

Esta entrada foi publicada em Sátira. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Comente